Governo do estado de São Paulo GOVERNO                        DO ESTADO                       DE SÃO  PAULO     

Ministério das Relações Exteriores  

Secretaria de Agricultura e Abastecimento  

II Seminário sobre o Agronegócio Brasileiro e o Mercado Externo    
O Pós Seattle: Perspectivas da Oferta Brasileira e da Demanda Internacional

você está em "Perguntas e Respostas"

 Agronegócio, o negócio de São Paulo
Agronegócio, o negócio de São Paulo! 
Confira! Blocos dos palestrantes e debates - horários e participantes...Programa 
veja aqui quem participou
Veja! Artigos sobre o agronegócio e exportações...Artigos      
artigos assinados sobre o agronegócio
..Divulgação 
releases e acompanhamento de mídia
...Palestras
resumo das palestras e   download 
Acompanhe! Seminário Online....Cobertura   
o que ocorreu durante o maior evento do agronegócio 
Mande! Perguntas e respostas para os palestrantes e debatedores...Faça sua pergunta por email

 


 
 
 

 
 
 

Perguntas dirigidas para o governador Mario Covas

Como conciliar a legislação ambiental extremamente restritiva do litoral paulista (mata atlântica) e o agronegócio nesta região? O produtor rural do litoral está sendo massacrado pela legislação! Que ação Vossa Excelência pode tomar para reverter o quadro?(Antônio Marchiori)

O governo e a KFW já aplicaram 50 milhões em repressão ambiental no litoral norte. Quando serão aplicados recursos em agronegócios compativeis com a preservação? (Ovidio Ribeiro, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ubatuba)

Os produtores rurais do litoral norte sofrem com a repressão ambiental por isso não conseguem produzir e viver como cidadãos. Como o governo pensa em resolver está questão? (Naides Alves de Lima, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ubatuba)

Perguntas dirigidas para o secretário da Agricultura João Carlos de Souza Meirelles

Participamos ativamente junto ao programa de qualidade da carne no tocante a rastreabilidade da pecuária de corte com relação a cisticercose bovina. Fiquei surpreso com a descontinuidade do programa em virtude da ruptura do convênio entre a Secretaria da Agricultura do nosso estado com a FUNDEPEC. Vossa Excelência não crê que este procedimento possa interferir no programa de combate a está zoonose que gera uma perda econômica significativa para a pecuária bovina de corte? (Germano Fco. Brôndi, professor adjunto da Faculdade de Medicina Veterinária e Zoot. – UNESP de Botucatu)

Considerando as dificuldades, indecisões, protecionismo e subsídios citados pelo Ilmo. Ministro Luis Felipe Lampreia, assim como a importância das exportações para São Paulo e o Brasil, que podemos fazer pelo setor produtivo da batata? Apesar de não ser um produto de exportação, trata-se do principal produto de um setor tão importante quanto carne, café, citrus e cana. (Natalino Shimoyama)

Como os Institutos de Pesquisas e Laboratórios estão sendo organizados para prover a rede de diagnóstico laboratorial, metodologia e incentivos? (Daniel Ollhoff)

Fala-se tanto em agregar valor aos produtos brasileiros no intreito de gerar emprego e aumentar o poder de barganha do produto nacional, mas gostaria de saber quais os planos do governo para incentivar a produção do pequeno produtor? Porque sabemos que o crédito na produção agrícola para os pequenos são cada vez mais fechadas e difíceis. (César Rodrigo Bigaram Pretel)

Gostaria de saber como a Secretaria tem tratado a Agroecologia e como ela pode ser viabilizada economicamente? A Secretaria da Agricultura tem um programa de Agricultura Familiar? Como viabilizar a permanência e sobrevivência do pequeno produtor rural?(Antenor Rovida, do CNBB)

A Ásia tem bilhões de habitantes os quais precisam comer; o Brasil tem um déficit em sua balança comercial com a Ásia. Quais as medidas que deveriam ser tomadas e quais já estão sendo postas pelo governo de forma para aumentar nossas exportações de agronegócios para o mercado asiático? (Rodrigo V. Fonai)

Que importância lhe dá a Sercretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo ao intercâmbio comercial agrícola entre Brasil e Venezuela? (Embaixador Freddy Balzan)

Perguntas dirigidas ao Ministro Alcides Tapias

Qual a importância e possibilidade de desenvolvimento da "Indústria de Batata no Brasil"? Que entendimento preliminares poderá haver entre a ABBA – Associação Brasileira de Batata, e nosso Ministério no sentido de conferir ao setor produtivo a competitividade necessária a sustentabilidade no mundo globalizado?(Natalino Shimoyama)

Em relação aos Três Projetos. Qual órgão será financiador? É só para o Estado de São Paulo, ou para o país inteiro? ( Ceres Borges Machado)

Pergunta dirigida ao Ministro Luis Felipe Lampreia

Há um grande desequilíbrio na Cadeia Brasileira de Batata. Solicitamos apoio para evitar que os segmentos nacionais sejam marginalizados ou desapareçam em prol de hipermercados, fast-food, importadoras/exportadoras. (Natalino Shimoyama)

Perguntas dirigidas ao presidente do Sindicafé Nathan Herszkowicz

Como o senhor vê a cadeia produtiva do café para a próxima década? Como esta a logística e a tecnologia de informação no setor cafeeiro, se possível na alta mogiana, região de Franca? É possível nos enviar sua palestra via "slides"? (Antônio Soares Cervila)

O senhor acha que algum dia o Brasil vai ter os mesmos benefícios, como no caso da Colômbia, em relação à exportação de café? (José Benedito N. Silveima)

Perguntas dirigidas ao secretário de Política Agrícola do MRE Benedito Espírito Santo

Qual a sua opinião sobre a potencialidade da frutificultura, visto que só houve citação ao tradicional suco de laranja? (Alberto Figueiredo)

Qual a importância do setor de batata para o governo brasileiro, assim como quais possibilidades do governo atender as demandas do setor visando a modernização, sustentabilidade, crescimento, etc? Concordamos que devemos exportar, mas lembramos que devemos dar importância similar a produtos que podemos continuar sendo auto-suficientes e gerando milhares de empregos. Quais são os oito "produtos sensíveis" os quais Vossa Senhoria se referiu no Seminário do Agronegócio Brasileiro? (Natalino Shimoyama)

Perguntas dirigidas à chefe da divisão de informação comercial do MRE Gilda Ohanian Nunes

Por gentileza, como podemos obter informações de batata pré-frita, "in natura", sementes, etc. feitas pelo Brasil? Há um site com estas informações disponíveis? (Natalino Shimoyama)

R: Sugiro contatar as seguintes instituições:

Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Av. Brasil, 2880 - Jd. Brasil, Caixa Postal 139, 13073.001 - Campinas - São Paulo     Fone: (19) 3743-1700     Web: www.ital.org.br


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Parque Estação Biológica-PqEB S/N., 70770-901 - Brasília - DF                 Fone: (61) 448-4433 Fax: (61) 347-1041  Web: www.embrapa.gov.br


Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação - ABIA
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1478 - 11º andar 01451-913 São Paulo-SP Telefone 11-816.5733    Fax 11-814.6688   E-mail: abia@uol.com.br            Web: www.abia.org.br



O cadastramento no site BrazilTradeNet pode ser feita por uma Instituição de Ensino Superior – IES? Existe despesas? Existe algum programa do Itamarati voltado para o IES, com vista a formação de divulgadores externos? (Márcio Benevides Lessa)

R: A BrazilTradeNet oferece, sem custos, informações atualizadas de interesse do exportador brasileiro (pesquisas de mercado, painéis estatísticos e indicadores econômicos de países com os quais o Brasil mantém intercâmbio comercial), além de informações sobre oportunidades concretas de exportação de produtos e serviços e de captação de investimentos estrangeiros. Para cadastrar essa entidade eletronicamente (caso Vossa Senhoria disponha de computador ligado à Internet, com os Softwares Windows 95, Internet Explorer 4.01 SP1, o plugin Shockwave Flash 4 e Office 97 Standard instalados ) basta digitar o endereço mencionado acima e preencher os dados de sua empresa conforme os campos indicados dentro do sistema. Caso sua empresa não disponha de equipamento de informática conectado à Internet, sugiro o preenchimento do formulário, transmitido em anexo, e sua devolução ao endereço abaixo indicado: MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES,  Divisão de Informação Comercial - DIC, Anexo I do Palácio Itamaraty - salas 513/518 70170-900 - Brasília - DF. ,   Tel.: (61) ´411.6891 / 411.6897 / 411.6390 Fax.: (61) 223.2609 / 223.2392, E-mail: dic@mre.gov.br .   A partir do preenchimento criterioso das informações solicitadas, a entidade de Vossa Senhoria estará cadastrada no Registro de Empresas Brasileiras e integrará, por conseguinte, o sistema em apreço, habilitando-se a navegar na BrazilTradeNet, por intermédio de código e senha criados pelo usuário e aceitos automaticamente pelo sistema.Adicionalmente, informo que outro instrumento da BrazilTradeNet, o formulário "Oferta de Exportação", permite a empresas brasileiras, entidades de classe e outras instituições, desde que cadastradas na BrazilTradeNet, indicar os produtos que pretendem exportar.

 
 
   Veja aqui as perguntas feitas pelo público do Seminário aos participantes. Posteriormente, as respostas serão colocadas online. Há tempo ainda para mandar sua pergunta por email, aproveite!

Confira! Blocos dos palestrantes e debates - horários e participantes Leia mais